Marketing

Smirnoff™ lança iniciativa global para dobrar o número de DJs mulheres até 2020

No Brasil, marca oferece oficina de djs para incentivar o potencial das mulheres no segmento da mixagem

NOVA YORK, N.Y. (8 de março de 2017) – O gênero musical mais inclusivo do mundo possui uma séria questão de diversidade de gênero. De acordo com um estudo realizado por THUMP, as mulheres representam apenas 17% como headliners de festivais da música em torno do mundo em 2016. Apesar de algumas melhorias, esta porcentagem está longe de ser ideal.

Elas enfrentam muitos desafios já que não ganham a mesma quantidade de exposição e acesso a oportunidades que os homens, criando assim, um preconceito contra os talentos e habilidades de cada uma.

Pensando nisso, para o Dia Internacional da Mulher, a SMIRNOFF anuncia uma iniciativa global para estimular a mudança deste cenário. Chamada “Equalizing Music”, a campanha reunirá fãs e líderes da indústria de música eletrônica para dobrar o número de mulheres como headliners até 2020 com várias ativações.

A campanha se iniciou com uma parceria entre Smirnoff e grandes líderes da música, como Spotify, Pitchfork, iHeartRadio, Grupo Deltic, Mixmag, THUMP, Broadly e Insomniac, que assinaram um documento para impulsionar cada vez mais as mulheres através de mais exposição na mídia, aumento de contratos e disponibilização de músicas em playlists.

Além disso, a marca lança “SMIRNOFF top 50”, uma lista realizada em parceria ccom a THUMP – um dos maiores veículos de música eletrônica mundial jogar essa parte para THUMP lá em cima – que reúne nomes das djs mais conhecida do mundo eletrônico. A lista inclui artistas como Sandunes (Nigeria), Honey Dijon (Estados Unidos) e Anna Lunoe (Austrália). A Dj Amanda Mussi é a representante brasileira na lista. E para incentivar os fãs a ouvirem e compartilhar es te conteúdo, o Spotify se juntou à causa e elaborou uma playlist com sets de várias representantes do Top 50.

“Acreditamos que nossas marcas devem ter um propósito maior do que apenas bebidas incríveis, e o objetivo da marca SMIRNOFF é fazer com que o mundo seja inclusivo”, disse Syl Saller, Diretora de Marketing da Diageo. “Acreditamos que podemos fazer a diferença usando nossa presença na cultura da música eletrônica, para direcionar a diversidade dentro dela”, finaliza.

“Estamos empenhados em promover a igualdade de gênero no Spotify através da diversidade da música disponível “, disse Austin Kramer, director do Spotify. “Aplaudimos a iniciativa “Equalizing Music “, e vamos apoiar o objetivo de aumentar a diversidade de genero na indústria da música electrônica”.

“O Insomniac sempre se empenhou em apoiar a igualdade dentro da indústria, sejam eles os artistas que reservamos em nossos palcos, os que trazem vida às nossas experiências de festival ou, o mais importante, os indivíduos talentosos que compõem nossa brilhante equipe interna”, disse Pasquale Rotella, fundador e CEO da Insomniac. “Ao celebrar o Dia Internacional da Mulher, louvamos as fortes figuras femininas que sempre moldaram a música de dança e encorajamos as pessoas a respeitar e amar uns aos outros, independentemente do sexo, não só hoje, mas todos os dias. Vai muito além de nossa cultura e nós queremos espalhar essa mensagem ao redor do mundo”.

E para finalizar, a SMIRNOFF, em parceria com a Virtue Worldwide, a agência de serviços criativos internos da VICE Media, lançou uma nova série de documentários, intitulada “SMIRNOFF: Equalizing Music”. O novo documentário amplifica as vozes das mulheres, compartilhando as histórias de duas DJs de música eletrônica: The Black Madonna, de Chicago, e DJ Rachael, de Uganda. Ambas superaram muitos desafios que as mulheres ainda enfrentam e estão compartilhando suas histórias de sucesso e perseverança.

No Brasil

Junto a Dj Mira Alves, SMIRNOFF promove mais uma edição da oficina “TPM – Todas Podem Mixar”. Em um mercado predominantemente masculino, Miria resolveu criar um projeto inovador direcionado as mulheres. A oficina é um espaço de aprendizado e acolhimento onde todas podem aprender sobre a arte dos toca discos sem limitações. “TPM – Todas Podem Mixar” aconteceu no dia 08 de março, das 15h às 21h, no espaço Disjuntor, em São Paulo.

Além de promover misturas de ingredientes atrás do bar e momentos com seus amigos em casa, SMIRNOFF também proporciona um mix de ritmos na cabine do DJ, e lembra os fãs de música de todas as identidades e de gênero, para beberem de forma responsável.

Tags : DJSmirnoff
X